Alfa Romeo Spider



























Miniatura Kyosho
Escala 1/64

Nissan Cedric






























Miniatura Aoshima
Escala 1/64
Camaro 2013



























Miniatura Hot Wheels
Escala 1/64
Corvette C6 2012


























Miniatura Hot Wheels
Escala 1/64
Telas






Plymouth Cuda 1970
























Miniatura Jada Toys
Escala 1/64
Nissan Silvia Silhouette  (Bosozoku Style)



























Miniaturas Aoshima
Escala 1/64


Alguns colecionadores compram miniaturas para guardar.

Outros, as compram porque são raras e valiosas.


Alguns, porque não sabem qual rumo tomar, e, assim, trazem para suas coleções o que o mercado lhes sugere.

Talvez o sistema, com o advento da internet e suas diversas formas e plataformas de intercâmbio, as chamadas 'redes sociais', induza cada um de nós colecionadores a ter um desses comportamentos.

É contra isso que meu espírito de criança se debate o tempo todo.

Então, procuro apenas brincar...





Nissan Cedric 77 (Bosozoku Style)











Grachan ou Garuchan  (Grand Champions) vem dos campeonatos dos anos 70 e 80 no Fuji Speedway. 

Esses carros combinam o mesmo estilo de carroceria dos carros que corriam nos circuitos e têm os para-lamas alargados, como no estilo Super Silhouette.


Agradecimentos especiais ao meu amigo Eduardo, pelas informações acima, bem assim, pela oportunidade de acesso e contato com essas miniaturas japonesas que eu tanto admiro. 















BMW I3












































































Miniatura Matchbox 2016 
Escala 1/64 
Made in Thailand
Ferrari F355

























Miniaturas Kyosho
Escala 1/64
Mazda RX-7



























Miniatura Jada Toys
Escala 1/64




Gosto muito dessas miniaturas Jada.

Acho que têm uma boa proporção. 
Não são tão miudinhas quanto as miniaturas HW. 
São mais 'robustas' que as miniaturas MBx.
E não são tão delicadas e caras quanto as miniaturas Ky.

E, também, têm um bom acabamento, boa pintura, bons detalhes, como faróis, lanternas, bancos pintados, pneus de borracha bem encaixados em rodas bem desenhadas... Chassis fixado por parafusos, o que facilita sua remoção para alguma customização ou pequenas modificações no interior...

Há alguns anos, encontrei alguns modelos dessa marca em uma loja de brinquedos aqui da minha cidade.

Naquele tempo, não era um desses 'colecionadores sistemáticos', e comprava apenas por prazer. De forma que nem ligava para conservar as embalagens. 

Assim, minhas minhas miniaturas Jada dessa 'primeira fase' estão todas muito bem protegidas e guardadas em uma pequena caixa de papelão, envoltas em plástico bolha, a fim de melhor conservá-las. Sim, porque, em caso de queda, podem sofrer danos na pintura e quebra de para-choques. Único detalhe que, a meu ver, poderia ser mais resistente.

Posteriormente, há cerca de três ou quatro anos, acabei por me interessar mais por essas miniaturas Jada, e adquiri várias outros modelos de um conhecido e conceituado colecionador de miniaturas residente no Estado da Bahia. Hoje meu amigo Moacy. 

Outras, em sua maioria modelos japoneses, assim como o RX-7, desta postagem, consegui aqui mesmo em São Paulo, com o conhecido Alvandir, por um excelente preço. 

Hoje em dia, por aqui, estão pedindo 'o olho da cara' por essas miniaturas Jada Import Racer. 

Por isso, me sinto um felizardo por ter vários (não muitos) modelos de carros japoneses dessa série Import Racer em minha coleção.

Por fim, mais recentemente, acabei por me apaixonar de vez por esses modelos Jada, apenas os de fabricação mais antiga (2005, 2006...), e adquiri muitos outros. Inclusive Mustang, Impala...

Hoje em dia, tenho uma caixa enorme, cheia dessas miniaturas Jada. 
Não muitas, é claro. Talvez umas setenta ou oitenta miniaturas. Todas conservadas no interior do blister (como o Mazda Rx-7 desta postagem).

Atualmente, costumo abrir os blisters, recortando-os, cuidadosamente, em parte de sua lateral, com um estilete, de modo que posso retirar a miniatura e depois novamente guardá-la em seu interior. Esta é a maneira mais adequada que encontrei para conservar a miniatura, livre de pós e arranhões, e ainda manter sua identidade e valor.

As miniaturas Jada, blá, blá, blá...